Nostalgia

Acho engraçado como tudo aquilo parecia ser eterno. Faz tão pouco tempo! Dias atrás nós estávamos juntos, unidos, no nosso infinito. Na nossa dimensão. E isso bastava para sempre.
Mas ah, o Senhor Tempo é um cara chato, não? Sério. Carrancudo. Nossa eternidade não durou nem dois segundos!
Quanto mais vivíamos como um só corpo e uma só alma, mais nos distanciávamos de quem éramos individualmente e nos tornávamos partes fundamentais um do outro. Só que isso acabou se tornando perigoso a mim e a você também. Éramos pedaços inseparáveis de um todo e que, mesmo assim, acabaram se separando e se partindo em pedaços milhões de vezes menores.
Você me disse uma vez: se nossa história foi por acaso ou não, eu não sei. Mas caso tenha sido, só tenho a lhe agradecer por ser o acaso mais perfeito de toda a minha vida. Lembra? Eu me lembro. E bom, até hoje eu também não sei se foi por acaso. Mas sendo ou não, foi a melhor experiência que eu já tive.
O que eu acho mais engraçado disso tudo, é que mesmo com o coração em pedaços, eu ainda amo o teu riso. E o teu abraço. E o seu cabelo engraçado. E quanto mais eu amo, mais me perco dentro de mim mesma e mais quebro o meu coração (ou o meu cérebro). O que me impressiona é que eu simplesmente não me importo. Não ligo de sofrer e não ligo de pensar em você a cada três segundos.
Porque, apesar de eu não representar o mesmo a você, a mim você vai ser para sempre a melhor parte do meu ser. E mesmo que não estejamos como uma só alma dançando no mesmo infinito, eu estarei do meu infinito sendo feliz e rezando para que você esteja sendo feliz no seu também. E que, agora sim, sua felicidade dure a eternidade. Porque é isso que eu mais desejo para ti (e para mim também).

P.S.: Andarei meio sumida pois estou viajando e acho que não terei tempo de entrar muito no pc, desculpas antecipadas! Um beijo.

3 comentários:

  1. Querida, tenha uma boa viagem! E sobre o texto, enfim ele esta repleto de sentimentos sinceros e este fato o deixa delicioso de se ler. Tenho algo pra voce, que eu escrevi em uma especie de "diary", rsrs. É algo bobo, mas eu escrevi apos conseguir passar por tudo isso que tu passa.

    MEURIDICULO(esse nao é o nome):
    " Desfaleci em certo tempo para abrigar-me longe de mim, para esquecer-me em qualquer momento, qualquer momento perto do fim! E tentando nao chorar, sorrindo as vezes por obrigaçao, hoje posso confirmar, nao te amo - hoje nao!
    Esqueci-te bruscamente por que antes eu chorei, pelas noites frias que de sozinha eu mesma me abraçei!"
    :D Lys Fernanda

    ResponderExcluir
  2. Muito obrigada, Lys! :)
    adorei o pequeno texto, me fez muito bem. Me identifiquei bastante! :)

    ResponderExcluir
  3. oi, tá se superando hem?!!!!!!!!!!!
    beijo, madrinha

    ResponderExcluir

 
Explosão de vento © 2012 | Designed by Rumah Dijual, in collaboration with Buy Dofollow Links! =) , Lastminutes and Ambien Side Effects