Terminaram porque não tinha mais jeito.

"A mulher chegou para o marido com o rosto completamente iluminado e ele se irritou porque há muito se esquecera como e onde se acendia essa luz. E por mais que se esforçasse não conseguiu se lembrar.

A mulher iluminada foi se deitar ao seu lado e ele passou a noite sem dormir porque se acostumara ao escuro."

Terminaram porque não tinha mais jeito. Não porque não se gostavam, ou porque não se suportavam, ou porque sabiam que já não iriam morrer de saudade um pelo outro. Porque isso tudo eles sabiam que faziam, e faziam com muita intensidade. Se gostavam, se suportavam, morriam de saudade um do outro e, como era de conhecimento geral, adoravam ficar rindo juntos, do nada. Porque até o 'nada' juntos era a coisa mais perfeita do mundo.
Terminaram porque não tinha mais jeito. Não porque faltava sentimento, não porque faltava confiança, não porque faltava desejo carnal entre ambos. Porque isso eles tinham. E muito! Terminaram porque não tinha mais jeito. Porque ela, com seu estilo que não mudaria tão cedo, suas frases sem pensar e suas crises de mau humor o entristeciam cada vez mais. E ele, com sua perfeição inigualável, sua necessidade de atenção e todas as coisas que ele estava disposto a fazer por ela, a faziam questionar se ela era mesmo a menina que deveria exercer aquele papel. O papel de namorada dele.
Terminaram porque não tinha mais jeito. Não porque a distância sufocou, ou porque a rotina acomodou. Mas porque se tornavam tão dependentes um do outro a cada dia que se passava que estavam se esquecendo de como viver separadamente, e isso os tornava cada vez mais perigosos um ao outro. E isso não era legal. Nem um pouco.
Terminaram porque não tinha jeito.
Para falar a verdade, talvez tenha faltado sentimento. Talvez tenha faltado discernimento. Talvez tenha faltado todas aquelas coisas que não podem faltar e talvez tenha sobrado todas aquelas coisas que ninguém quer que sobre. Mal-entendidos, por exemplo.
Dizem que numa relação uma pessoa sempre ama mais do que a outra. Oh, Deus, como ela desejava que fosse ela mesma a dona de todo o amor do mundo, e não ele! Como ela desejava que fosse ela sofrendo e chorando e precisando de espaço depois de toda aquela tempestade! Tudo bem. Ela havia derramado algumas (na verdade, muitas) lágrimas por ele. Mas queria poder derramar muito mais! Queria poder dar o carinho que ele merecia, a atenção que ele queria, a emoção de que ele precisava para ser forte e seguir em frente.
Terminaram porque não tinha mais jeito. Faltou tempo, faltou pensamento, faltou tudo. Mas não faltou sofrimento. Não, não, isso os dois receberam muito! E quando digo muito, eu quero dizer muito mesmo.
Ele ainda sentia saudades dela, ainda pensava nela todos os dias. Ela ainda sonhava com ele, ainda desejava um dia poder amá-lo como o amava antes, poder cuidar de suas feridas da maneira como cuidava antes. Terminaram porque não tinha mais jeito. Mas, se posso lhes afirmar uma coisa com clareza, é isso: o mundo não para de girar. E o sentimento prevalece.
Assim como as gigantescas feridas que um, na tentativa de curar o outro, fez em seu próprio peito, desesperado por estar ao lado de quem se ama mais uma vez.

.

7 comentários:

  1. Ah querida. A vida é assim mesmo. Como voce disse no texto, as vezes uma pessoa ama mais do que a outra. Mas nao quer dizer que o amor da outra nao exista. Cada um aama a sua maneira. (:

    ResponderExcluir
  2. Ai Aninhaaa, amo seus textos, suas palavras...
    Esse em especial, está muito bem escrito, de uma forma que conseguimos enxergar todos os detalhes com clareza... inclusive pude me ver dentro dele em diversos momentos... =/

    Parabéns, tudo lindo aqui...

    beijos meus.

    ResponderExcluir
  3. Foi a coisa mais perfeita que ja li ate hoje ! eu intendi o texto, e quero te dar os Parabens por escrever tal coisa, tão linda e tão triste :/

    Mas quero tbm qe vc saiba qe vou estar aqui SEMPRE e sempre , !
    eu amo voce Carolinda *-*

    ResponderExcluir
  4. Muuuuito obrigada, meninas! Vocês não tem noção de quanto os elogios de vocês me ajudam! São ouro pra mim.
    Um beeeeeeijo no coração de cada uma!
    E eu também te amo, Micaelindaaaaa s2

    ResponderExcluir
  5. Texto muito bacana mesmo, mas hoje, comece a escrever mais cedo para eu não precisar ficar te mandando desligar o computador e ir dormir!

    ResponderExcluir
  6. Amar ou não amar, sofrer ou não sofrer, viver ou não viver.... melhor desligar o computador e ir dormir........ no dia seguinte pode ter alguma resposta.....

    ResponderExcluir

 
Explosão de vento © 2012 | Designed by Rumah Dijual, in collaboration with Buy Dofollow Links! =) , Lastminutes and Ambien Side Effects